D'propósito

25 de setembro de 2009

Ela, a inspiração


Eu tenho deixado a inspiração muito de lado, essa tem sido a sua reclamação. Mas eu faço minha parte, porque quando ela chega eu peço pra esperar, não circular muito pra não espairecer. Mas não, normalmente ela, a inspiração, apressada do jeito que só é, vem sem avisar e vai embora na mesma ansiedade. A danada não entende que não é sempre que posso pegar o papel e a caneta, muito menos bater os dedos no teclado. Aí pra não achar que faço pouco caso ou sou deselegante, já que não quer ficar, peço pra inspiração deixar recado, nem que for anotado em um post-it pra eu não esquecer. Mas pretensiosa do jeito dela diz:


- Ou se serve de mim agora ou vou flanar em outras ideias.

E ela não blefa, eu não dou ouvidos nem dedos para anotar, logo a inspiração não deixa post-it pra eu me inspirar ou lembrar. E ela vai vai embora mesmo.



A inspiração, como um sonho, acontece. Às vezes a gente lembra, às vezes, não. E Depois que ela veio, passou e não ficou, tenho a sensação de que a inspiração é reflexo de mais uma tentativa, em quase nada.

4 comentários:

além do que os olhos podem ver!! disse...

aeee vc apareceu
que bom ...
inspiração nunca pode se afastar de vc...
muito bom o texto

Tha disse...

Anda com um bloquinho e uma caneta no bolso da calça....
A qualquer hora e lugar que a inspiração passar...vc agarra ela e não a deixa escapar.

Beijos e um FDS lindo....

Ócio, viagens e gastronomia disse...

Ah Camila que lindo...
Obrigada por esses textos...
beijocas

Rics disse...

Inspire, respire e transpire.