D'propósito

9 de janeiro de 2009

A segunda vez

Ainda sem jeito, ela não se sentia bem com seu corpo. Mas aí, notou que ele estava bem acima do peso. E então, percebeu que o amor é feito mesmo de imperfeições.

4 comentários:

Carolzita! disse...

são essas imperfeições que dão graça a vida.

Beijo

Fe. disse...

ai que lindo.

ARCANO disse...

Não sei pq fiquei a ler e reler este pedaço de palavras.

Ah, o amor...

Anônimo disse...

Acho que essas IMPERFEIÇOES so da uma apimentada nas coisas...

beijo!